terça-feira, 17 de setembro de 2013

A saga continua

Mais um causinho para ilustrar que o povo do rh da NET seleciona funcionários na base daquele teste de encaixar peças redondas nos buracos redondos. E contrata os que tentam encaixá-las nos buracos quadrados.

Avô da colega morreu e com isso a avó dela resolveu mudar de casa. Colega telefona para solicitar as devidas providências.

"Boa tarde, estou ligando porque meu avô faleceu e minha avó está se mudando. Gostaria de trocar a titularidade do plano e o endereço de instalação."

"Somente o titular pode solicitar essa mudança, senhora."

"Moça, o titular morreu."

"Um momento senhora."


"Realmente, senhora, somente o titular pode solicitar isso."

"Só se for através de sessão espírita, moça! Posso encaminhar a certidão de óbito ou qualquer coisa assim?"

"Um momento senhora."


"Senhora, qual o nome do novo titular?"


"É a minha avó, dona Schelebts da Silva."

"E qual é seu grau de parentesco com o novo titular?"


"Er... Neta?"

"E qual é o nome do novo titular?"



"Er... Schlebts da Silva."

"E qual o estado civil dela?"



"Er... Viúva."

"E qual é a profissão do novo titular?"

"Psicóloga."

"Qual o grau de escolaridade do novo titular?"


"Cê tá me gozando, né?"

"Não entendi, senhora, qual o grau de escolaridade do novo titular?"

(Suspiro audível) "Superior completo..."

E assim seguiu a conversa, da qual a colega não recorda mais detalhes. Como se precisasse.

E a titularidade não foi trocada.

Beijos no coração, NET.


OBS: Eu tenho amigos que já trabalharam como atendentes e sei que eles tem que seguir um roteiro de perguntas, são monitorados e tals, mas admitam que esse diálogo beirou o surreal, por favor.

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Não venha para o mundo dos NETs

Vou contar uma historinha só para vocês entenderem que a capacidade humana de fazer merda, assim como a ~zuêra~, ela não tem limites.

Cancelamos, namorado e eu, nosso contrato com s Sky. Nada contra a Sky, até tenho amigos que tem, gosto da Gisele Bündchen, etc, mas não estava mais compensando pagar tv a cabo e internet separadas então resolvemos ir para o mundo dos Nets.

Primeira data de instalação, sexta-feira passada das 8 ao meio-dia. Técnico apareceu na sua casa? Nem na minha. Telefono para a central, confirmo o endereço e ganho apenas um "pois é, o técnico não foi, tem que remarcar." Oi? Cadê o "desculpe o incômodo, o técnico não foi, tem que remarcar." Nada. Remarco para quarta-feira seguinte, no mesmo horário. Não vou correr, não vou fazer compras, perco minha manhã livre esperando os bonitos.  Nada. Mais uma vez ligo bufando na central , confirmo meu endereço pela décima vez e a conversa é a mesma, o técnico simplesmente não apareceu. Não dá pra contatar o cara e saber se aconteceu alguma coisa? Não. Sabem por que?

PORQUE ELES NÃO SABEM QUEM É O TÉCNICO DESIGNADO PARA AQUELE TRABALHO.

Juro.

Sério.

Remarco mais uma vez, para sexta-feira. Na hora de confirmar o endereço pela décima primeira vez o atendente tem um momento de iluminação - "Ah, mas o endereço está errado, aqui está bloco 2 e não 1."

Gente.

Gente.

"Moço, eu confirmei meu endereço onze vezes, não é possível que ninguém corrigiu."
"Não senhora."
"Moço, mas se o técnico veio até aqui duas vezes e o endereço estava errado porque cazzo ninguém ligou para confirmar?"
"Não sei informar, senhora."



Sexta-feira. Estou eu aqui de novo esperando Godot o técnico da NET. Namorado voltou de viagem cedinho, deu um cochilo e umas 10 da manhã saiu para o trabalho. Encontra os técnicos da NET na portaria. Eles estão com o endereço errado.



Estão ligando para a NET para ver se eles autorizam a instalação com o endereço errado.

"Moço, mas não corrigiram?"
"Pois é, não corrigiram."
"Mas eu confirmei 12 vezes."
"Mas não corrigiram."

Finalmente localizam a minha ligação na quarta-feira  xingando até a última geração da NET  confirmando o endereço pela décima segunda vez e autorizam a instalação.

Fim.

Dicas do He-man, coleguinhas - não venham para o mundos dos NETs. Eles simplesmente não tem a menor ideia do que estão fazendo.



terça-feira, 10 de setembro de 2013

Eu acho que já passou da hora do pessoal do departamento de engenharia de tráfego da prefeitura de São Paulo admitir que errou. Juntar todo mundo, mandar uma galera embora e reconhecer - deu merda.

Vejam o Largo da Batata, por exemplo. Está em obras há tanto tempo que desconfio que estão na verdade cavando um buraco para a China. E nessa quebração sem fim interrompem ruas, mudam o sentido do trânsito, interditam calçadas e desativam pontos de ônibus. Essa última ação, aliás, me faz duvidar seriamente do diploma de curso universitário de quem quer a tenha planejado.

Dois pontos de ônibus viraram um, bem na frente da estação de metrô da Faria Lima. Juntaram os dois numa posição intermediária e pronto. O resultado até o povo de humanas (prazer) consegue visualizar - o dobro de passageiros e de coletivos no mesmo espaço. Todo dia, seis e meia da manhã, cinco, seis ônibus se acumulam um atrás do outro sem poder ultrapassar porque tem gente lá na frente que precisa embarcar. Uma beleza. Perdemos dois, três sinais abertos até conseguir sair dali. Não é brincadeira - levo 20 minutos da Lapa até a Faria Lima e mais 20 para percorrer dois quarteirões da mesma avenida. Coisa de gênio.

Cês juram que precisa ir pra faculdade pra fazer isso? Cês juram?