quarta-feira, 15 de julho de 2009

Mais bobagem

Esta manhã passei pelo oftalmologista para me consultar sobre a possibilidade de me livrar definitivamente dos quase sete graus de miopia que evoluem junto comigo desde os oito anos de idade. Conversamos, ela me encaminhou para os exames necessários e assinou uma receita para óculos novos - aparentemente os que eu uso agora têm grau extra do lado direito. Recomendou o óbvio - que eu esperasse o resultado da avaliação cirúrgica para encomendar lentes novas, visto que as bichinhas são caras e perderão a utilidade caso eu efetivamente seja operada.
Na saída, sou abordada por uma recepcionista que me pede a receita para carimbar. Em seguida se oferece para me encaminhar até a ótica da clínica (ó que conveniente!) para fazer o orçamento dos óculos.
"Eu não vou fazer óculos agora. Pretendo passar por cirurgia."
"Mas você sabe que o grau não zera né?"

Considerações sobre o argumento da moça:

a) É bom ter um parecer tão otimista sobre um procedimento cirúrgico dado pela recepcionista da clínica.

b) Agora os diplomas de ensino médio incluem especialização em oftalmologia?

c) Ah, tá, então a ótica é tão avançada tecnologicamente que desevolveu meios de prever o grau de miopia que vai me sobrar depois do procedimento?

Sério, se a quantidade de besteira que eu ouço diariamente fosse deduzida do imposto de renda eu teria restituições nababescas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário