quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

A saga da farpa

Esta pessoa aqui acordou na segunda-feira e percebeu que, olha, tem uma farpa no meu dedo! Fui à primeira reunião antes das aulas e meio dia resolvi dar uma passada no pronto socorro para me livrar do corpo estranho, crente que iria para o ambulatório e uma enfermeira mal-humorada retiraria a bendita farpa avó style, sabem como é, né? Quem nunca teve uma farpa arrancada na base da agulha de costura em casa?
Pois é. Doutor ortopedista diz que não pode fazer nada e me encaminha para doutor cirurgião de mão. Oi, cirurgião? É só uma farpa, gente. Doutor cirurgião de mão olha, olha e diz:

"É, tá meio fundo, né? Melhor cortar. Que horas você comeu pela última vez?"

Eu tinha comido um pão de queijo dez da manhã na reunião.

"Ótimo. Não come mais nada, nem bebe água. Vou te encaminhar para internação e hoje as nove da noite eu te opero. É coisa simples, depois você pode até ir pra casa."

Oi? Oi? Oi? Jejum? Internação? É UMA FARPA NO DEDO, PELAMORDEDEOS!

Pois é. Enfermeiro simpático me bota no soro enquanto procuram um quarto para me colocar. Ligo pra todo mundo avisando que vou chegar tarde em casa mas não, não é nada não, é só uma farpa no dedo. Namorado diz que vai me buscar depois do inglês. Eu estava realmente achando que ia para casa no mesmo dia.

Seis da tarde enfermeiro simpático aparece para me levar para o quarto. Preciso mesmo ir na cadeira rodas, moço? Precisa. E lá vou eu, passear de cadeira de rodas com uma perigosíssima farpa no dedo.

Nove da noite namorado chega ao hospital. Nem sinal do doutor. Desde as dez da manhã sem comer nada, meu saco lá na lua. Enfermeira aparece com um vidro de acetona e uma camisolinha de bunda de fora. Moça, vocês tem certeza que não estão me confundindo? Eu só vou tirar uma farpa do dedo, não vou fazer transplante de coração. A esperança de não dormir no hospital me abandonou e namorado vai para casa tomar um banho e buscar uma malinha para mim.

Onze horas enfermeira me manda botar a camisolinha. Ganho um passeio de maca até o centro cirúrgico. Ganho também uma anestesia no braço, monitoramento cardíaco (gente?) e o braço direito furado porque o enfermeiro gênio tinha colocado o soro no braço esquerdo que tinha que levar anestesia. Ah, sim, ganho também uma veia estourada e uma injeção no dedo, porque a anestesia no braço não pegou direito e eu senti o doutor dando o primeiro talho. Foi lindo. 

Saio do centro cirúrgico duas da manhã. Fiquei um tempão na recuperação ouvindo a anestesista conversar sobre o FORTAL com o motoqueiro da mão fodida se recuperando ao meu lado. Dormi um sono dos infernos com dor no braço e sem conseguir me mexer direito por causa do soro e fui acordada cinco da manhã pela enfermeira para tomar remédio.

Tomei café e almocei no hospital. Fui liberada uma hora da tarde e ganhei um atestado de uma semana que pretendo ignorar já que a cirurgia foi na mão esquerda e eu recebo por hora trabalhada, né?  Por causa de uma farpa no dedo.

Contando ninguém acredita.

16 comentários:

  1. vc já leu o conto O Rastro do teu sangue na neve, do Garcia Marquez?
    Vc verá que poderia ter sido pior! hehe

    Cara, que loucura! tô pasma!

    ResponderExcluir
  2. Haha, Juliana, acabei de ler o conto. PQP, só digo isso.

    ResponderExcluir
  3. TA PENSANDO QUE FARPA É BAGUNÇA? hahahaha

    me diz so uma coisa... tudo isso pelo sus?

    ResponderExcluir
  4. Só consigo pensar em: o que seria FORTAL?

    ResponderExcluir
  5. Gente do céu, QUE LOUCURA.
    Sério, nem sei o qe dizer!

    ResponderExcluir
  6. Estou rindo horrores aqui >< Uma farpa no dedo precisa mesmo disso tudo?! hahahah

    Beijos,
    Nanie - Nanie's World

    ResponderExcluir
  7. Haha Juliana, FORTAL é uma micareta em Fortaleza, vai vendo.

    Amanda, foi pelo plano de saúde.

    ResponderExcluir
  8. PUSTA ideia. Estou enfiando uma farpa no dedo AGORA.

    ResponderExcluir
  9. eu li post pra minha vó, e ela tá achando que eu inventei que vc escreveu isso. kkkkkkk

    ResponderExcluir
  10. E ainda dizem que têm coisas que só acontecem comigo...

    ResponderExcluir
  11. É ESSE O PAÍS QUE VAI RECEBER A COPA?

    ResponderExcluir
  12. Olha, to fazendo propaganda do meu blog nao... Mas pensa numa anestesia que nao pegou no OLHO!!!

    Ta aqui

    http://murphymeama.blogspot.com/2012/03/eu-ia-reclamar.html

    ResponderExcluir
  13. Desculpa desenterrar post velho, mas eu juro que chorei de rir dessa farpa! Só um blog tão... assim pra me botar um sorriso na cara depois da aula!

    ResponderExcluir
  14. Já faz tempo que essa saga ocorreu não é ? Pois queria te dizer uma coisa: Vc foi muito bem atendido(a), não sei onde vc mora nem se o hospital que realizou o procedimento é público ou privado ( plano de saúde) mas vc deu sorte de ser operado(a) por um cirurgião de mão que sabia muito bem o que estava fazendo. Vc já deu uma olhada na estrutura de um dedo ou mesmo uma mão ? Existem tendões, vasos sanguineos, nervos, ossos etc... Já pensou que existe uma especialidade médica que cuida exclusivamente da mão ? e olhe que o sujeito fica quase 3 anos só aprendendo a operar essa parte do corpo, então raciocine um pouco, não seja tão debochado (a) com o teu próprio corpo, é porque a coisa é delicada mesmo viu ? Se vc fosse atendido(a) num UPA a esta hora estaria aleijada.

    ResponderExcluir
  15. Ufa doutor, que sorte a minha! Imagina se o médico fosse cubano então...

    ResponderExcluir