quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

O bloco da paulistana carioca.

Eu já fiz um post enorme aqui sobre ser turista e tal, mas faltou dizer que eu me considero uma boa turista porque eu sempre, sem exceções, chego aos lugares disposta a gostar deles. Simples assim. E acho que isso faz toda a diferença.

Fui ao Rio pela primeira vez há dois anos. Fiquei em Copacabana, num hostel que representa a definição de xexelento. E amei o Rio. Tanto que até me surpreendi.

Mais que o Rio, eu amei Copacabana. Amei aquela bagunça, aquela gentarada, aquela montoeira. Os carros estacionados na calçada. Os taxistas mal-humorados. Achei tudo lindo, lindo, num grau que eu não esperava e acho que isso tem tudo a ver com a minha disposição em gostar dos lugares. Porque se você viaja já com aquelas idéias de que carioca é marrento ou argentino é arrogante e que todo mundo sempre vai tentar passar a perna em você porque você é turista, meu amigo, sua viagem tem 70% de chance de ser uma merda.

Daí voltei a Copa (olha só, já me sinto íntima) para o carnaval esse ano. E o carnaval no Rio é tudo aquilo mesmo, até pra quem não passa nem perto do sambódromo. A cidade respira festa, as pessoas entram nos restaurantes fantasiadas, a qualquer hora do dia há uma banda em uma esquina puxando uma marchinha. É bonito de ver, pelo menos pra mim, que sempre gostei de carnaval. A cidade fica cheia, muito cheia, mas tem lugar pra todo mundo. O Rio abraça quem chega até ele e recebe com um sorriso.

Rio, obrigada. Seu carnaval não me decepcionou nem um pouquinho, seu lindo!

3 comentários:

  1. eu adoraria passar o carnaval no Rio, mas nunca me organizei pra isso. Ta no caderninho dos planos de vida. Mas já passei o Reveillon em Copa (tb me sinto íntima) e fiquei deslumbrada. Foi botar o pé nas famosas calçadas que o pânico de ser morta por uma bala perdida deu lugar à displicência carioca, que tomou conta de mim.

    ResponderExcluir
  2. Ah, eu amo o Rio! Não gosto de Carnaval, então não arrisco ir pra lá nessa época, mas vou sempre que aparece uma oportunidade.

    ResponderExcluir
  3. poxa, eu lutei com o celular só pra escrever um comentário nesse post e comentário num apareceu... =/

    Eu não curto blocos. Odeio blocos!kkk Mas eu gosto do Rio, gosto de reconhecer em mim um pouco do jeito de ser do povo do Rio. Minha mãe tava aqui me contando das fantasias que viu na rua nesses dias

    E fico tão feliz quando vejo textos como seu. Não tenho saco pra turista que vem pra cá e fica cheio de dedos como se morasse no lugar mais seguro e incrível do mundo.

    ResponderExcluir