sexta-feira, 18 de maio de 2012

Manual prático de bons modos em reuniões de pais

Inspirado pelo  post da coleguinha Bruna.

Reunião de pais: professora de História, daquelas antigas no colégio. Saco na lua de aguentar lenga-lenga de pai nível "mas ela estuda tanto, por que essas notas??" ou "ele está passando por uma fase difícil, sabe, professora?". De repente uma mãe se supera:

"Ah, professora, eu sei que ela vai mal em História, mas também, né? Pra que serve saber essas coisas de Napoleão, de segunda guerra?" Ao que nossa querida mestra laconicamente responde:

"É verdade, mãe, a senhora tem razão. Você por exemplo tenho certeza que não sabe nada sobre nenhum desses assuntos e tá aí, né? Sobrevivendo."

Outra, reunião, outra mãe, mesma professora:

"Mas professora, ele vai ficar mesmo de recuperação?"

"É, mãe, não tem jeito ele foi muito mal na prova final."

"Mas essa resposta aqui, sobre os fatos que desencadearam a Segunda Guerra Mundial, não está certa?"

"Não, esses foram os fatos que desencadearam a Primeira Guerra Mundial."

"Ah, professora, mas Primeira, Segunda Guerra, não é tudo a mesma coisa?"

"Olha mãe, acho que os judeus, principalmente, discordariam da senhora."

Pais do meu Brasil, deixo a sugestão: melhorem ficarem quietos da próxima vez.

2 comentários:

  1. "Olha mãe, acho que os judeus, principalmente, discordariam da senhora." - hahahahahahahahahahahaa

    GENTE!!!!!!

    hahahahahahahahhahaha

    ResponderExcluir