quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Paternidade consciente

Dia desses professora chega me dizendo que está tendo problemas com uma aluna adolescente, que a menina não se interessa pela aula, se recusa a falar inglês, fica apática e não participa, enfim, SE COMPORTA COMO ADOLESCENTE. O nome da fofa? Dayanny Katherine (esse eu inventei para preservar a menina, mas é algo nesse nível).

Fui puxar a ficha de Day para ver notas do semestre anterior, reuniões com os pais, etc. E descubro que ela tem mais duas irmãs estudando na escola, Suellen Tathianny e Jéssika Emmanuelly (inventei também, mas eu não minto, senhores, é bem por aí).

Daí eu lhes pergunto, coleguinhas: pqp, o quê será que essa mãe fumou antes de batizar essas pobres coitadas? Um CD do Calcinha Preta? Bebeu um balde de creolina? Porque sinceramente, nem isso explica.

Não é a toa que Day anda rebelde. Dayanny Katherine eu me chamasse, fogo no carro dos meus pais eu já teria colocado.

Detesta criança não procria, gente. Pra quê castigar desse jeito depois que já nasceu?

2 comentários:

  1. se eu te contasse o nome dos meus alunos, vc teria assunto pra uns 20 posts. kkkkk

    ResponderExcluir
  2. E tem gente que ainda quer fazer uma "homenagi" pro artista famoso, ne? hahahaha

    ResponderExcluir