terça-feira, 18 de setembro de 2012

O diário da bicicleta parte I

Descobri que o único, mas único mesmo, exercício físico que me dá prazer de verdade é pedalar. Qualquer investimento em outra modalidade vai ser dinheiro jogado fora, taí meu maiô e meus óculos de natação que não me deixam mentir.

Parênteses:
(Eu se que tem gente que gosta, mas como natação é chato. Chato, chato, chato, uma hora indo de um lado para o outro sem ver ninguém, sem ouvir uma musiquinha. A criança hiperativa dentro de mim não dá conta.)

Namorado então trouxe da casa dos pais a bicicleta dele e eu fiquei me perguntando de que jeito eu, a criatura mais cagona do universo, aquela que tem medo de banana boat, colocaria a magrelinha para circular no trânsito de São Paulo. Geral duvidou, mas enfim - vamos por partes.

Hoje foi o primeiro dia da Lola (é uma música do Mika, me deixa) em São Paulo. A levei para fazer compras pela Lapa de Baixo, que não é exatamente o que se pode chamar de "movimentada". Basicamente são ruas de mão única e uma ou outra de mão dupla mas com poucos carros. Em determinado momento, por um erro de cálculo (aka "coisas que você não presta atenção quando é pedestre") não consegui entrar na rua que precisava pois era contra-mão e fui obrigada a cair na Ermano Marchetti para fazer o retorno. Aí sim - carros, ônibus, motoqueiros Tá gente, foram só dois quarteirões e um sinal fechado, mas ainda, né? Lola se comportou muitíssimo bem assim como a moça que a guiava, não tive medo, prestei atenção a tudo e não fiz nenhuma merda. Parece pouco mas lembrem-se: estamos falando da pessoa que teve um ataque de pânico em um banana boat.

Próximo passo - atravessar o viaduto da Lapa para visitar a bicicletaria e comprar um selim novo que esse vai acabar me matando.

Um comentário:

  1. Duas coisas...

    1) adoro/amo/sou pedalar... Se joga!

    2) depois que aquela mulher perdeu DUAS pernas num acidente de banana boat eu jamais, nunca na vida, entrarei num treco daqueles...

    3) Nao consigo ler "selim" e nao lembrar daquela musica infame dos Raimundos

    ops, foram 3 coisas no final...

    ResponderExcluir