sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Presente!

Namorado de vez em quando ri, um pouco incrédulo, quando falo dos meus ~amigos da internet~, mas a verdade é que essa tal internet, desde o início, só me trouxe gente maravilhosa. Gente que jamais teria entrado na minha vida se não fosse pela ~rede mundial de computadores~.

Uma dessas lindas é a Juliana, que tem um blog diarinho (como ela mesma gosta de definir) muito fofo chamado Fina Flor. Amo blog diarinho (o meu também é, afinal de contas, só que não tão fofo), eles fazem com que eu me sinta muito próxima de gente tão distante de mim. E a gente acaba mesmo ficando tão próxima que a Juliana, sem nunca ter me visto pessoalmente, sem nunca ter ouvido minha voz, me deu um presente e acertou tanto, tanto, que acho que nem minha mãe acertaria assim. Nós temos várias coisas em comum, estudamos Letras, somos professoras (embora ela seja muito mais corajosa que eu, já que enfrenta 30 adolescentes de uma vez, coisa que eu já desisti de fazer), amamos ler. A Juliana escreve com um cuidado e uma delicadeza que eu não tenho, sou meio bronca, não seleciono muito as palavras e vou colocando as coisas assim, meio de qualquer jeito. Parece que é fácil pra ela escrever e eu adoro ter essa sensação quando pego um texto. Detesto aquela escrita pesada, cheia de um vocabulário pescado lá do fundo de nem sei onde. Aquele texto que dá a impressão que a pessoa se esforçou tanto pra elaborar que morreu no final, de tanto cansaço. O Fina Flor não é assim, definitivamente.

Daí vocês leram esse monte de elogios e se perguntaram "mas por que raios a Juliana deu um presente para você se já passou um mês do seu aniversário?"

Ah, vocês não se perguntaram isso? Azar, porque eu vou explicar assim mesmo.

Todo ano ela faz um sorteio lá no Fina Flor. A pessoa sorteada ganha um presente e tem que escolher alguém para ganhar outro. Como a minha cota de sorte eu gasto com coisas idiotas tipo pegar a manicure mais rapidinha na véspera do ano novo, eu não fui sorteada. Mas a Amanda foi, e me indicou pra ganhar o outro presente.

Conheço a Amanda dos tempos do Orkut (sdds orkut). Já fiquei bêbada na casa da Amanda. Já dei barraco na casa da Amanda. Ela nem imagina, mas anda me ensinando coisas que eu nem sabia que queria aprender sobre parto humanizado, educação montessoriana etc. Sim, porque além de ser fofa, engraçada, escrever muito bem e ter tatuagens legais a Amanda também sabe fazer filhos lindos como ninguém. Corram lá no blog dela pra dar uma conferida.

Opa, e o presente da Juliana?

Tá aqui:


Nunca gostei da Clarice (muita polêmica, muita confusão), mas amo o Sabino um tanto que eu queria que ele fosse meu tio de ir fazer churrasco em casa no fim de semana.

E quem me dá livro de presente ganha meu coração pra sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário