Causos de dona Neide

Estou aqui no trabalho curtindo uma dor de ouvido nível jesus me leva e lembrei de uma história dessas que só mãe mesmo para protagonizar.

Era um feriado de Páscoa bem frio e eu tinha passado dois dias com essa mesma dor de ouvido. Já tinha tentado de tudo, todos os remédios, analgésicos, até a toalhinha quente old school e nada. No terceiro dia, fim de tarde, não aguentei mais e pedi arrego - minha mãe me levou ao hospital.

Feriado em hospital do interior né? Só mediquinho novinho residente. Aquele, por um acaso, calhou de ser bem bonitinho. Não que eu estivesse em condições, só quem já passou três dias com dor de ouvido nível arranca essa merda fora sabe do que eu estou falando, enfim. Expliquei meu drama e ele saiu para buscar o otoscópio na outra sala.

Doutor botou o pé pra fora, levei um peteleco da minha mãe:

"Você podia PELO MENOS ter penteado esse cabelo, né?"

Eu querendo morrer há três dias e ela querendo me arrumar namorado. That's dona Neide we know and love.



Comentários

  1. oi, queria te seguir no face.....como faço...

    ResponderExcluir
  2. Oi Rafaella, procura Paula Renata Borges, sou a única :)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas