segunda-feira, 5 de outubro de 2015

A saga do oftalmologista parte 532

Atenção: este texto contém linguagem inapropriada para menores pois estou putíssima

Eu sou míope dessas da vida, né? Uso óculos desde criança e hoje tenho cerca de 6 graus de cada lado plus um pouco de astigmatismo, o que significa que no fundo, no fundo, eu não enxergo direito nem com óculos, nem com lentes, que dificilmente dão conta dos dois defeitos juntos. E com isso eu vivo no consultório do oftalmologista.

Anos de consultório. Quase 30. E nos últimos tempos tenho tido uma dificuldade imensa em encontrar algum oftalmo que não seja grosso, sem noção ou simplesmente não tenha aquela atitude de "I don't give a shit se você enxerga mal, minha filha". Cheguei à conclusão que oftalmologista é aquele cara que odeia gente mas queria ser médico de qualquer jeito.

Teve um que, dois anos atrás, olhou meus exames e tacou na minha cara "isso aí é ceratocone" sem me explicar o que isso significava, sem propor um tratamento, nada. Tive que procurar um particular caríssimo que olhou na minha cara, me fez perguntas, me examinou direito e me acalmou. Não era. Era só uma córnea meio cagada mesmo, mas que não me deixaria cega a longo prazo. Daí, depois de mais algumas consultas com o tio caríssimo e a certeza de que eu era só mesmo muito míope, decidi voltar aos oftalmos do plano de saúde por motivos de: pobreza.

Passo pela cidadã. Exame de acuidade visual sempre um drama, né, eu sou indecisa, cês querem que eu me decida entre duas lentes que pra mim não tem diferença nenhuma, é complicado. Odeio. Diante da suspeita de ceratocone de dois anos atrás a tia decide me pedir exames que poderiam ter sido feitos ali na hora, na clínica mesmo mas que por motivos de oftalmologista é tudo filho da puta ela me faz ligar na central pra marcar. "E já marca o retorno no mesmo dia que assim a gente dilata sua pupila uma vez só."

Dilatar pupila, essa delícia.

Ligo na central e só consigo marcar os exames e o retorno pra dali a três semanas. Três fucking semanas para um negócio que ela podia ter resolvido ali na hora. Fico putíssima pois estou sem lentes e com a receita dos óculos vencida e vou ter que esperar mais três semanas. Ligo em outra clínica e marco os mesmos exames e a consulta para dali a 3 dias.

O arrombado do oftalmo dessa segunda clínica faz os exames mas se recusa a me dar a receita das lentes. Assim mesmo, "não vou te passar a receita das lentes porque você veio de outro médico". Cês sabem por que, coleguinhas? Porque estes mercenários do caralho recebem comissão pelas lentes de contato e se ele me passasse a receita estaria roubando a comissão da coleguinha.

Foda-se que eu estou sem lentes. Foda-se que eu não estou enxergando direito. Miopia não mata, né, não dá processo.

Mas pode deixar. Tem um espacinho especial no inferno para oftalmologista de plano de saúde. Fica bem lado da galera que ouve música sem fone no transporte público e dos motoristas de táxi que tem saudade da ditadura.


Nenhum comentário:

Postar um comentário