quinta-feira, 19 de maio de 2016

Como ser um péssimo turista

Eu estava ontem ensinando direções para um grupo de básico. Lá pelas tantas um aluno chatérrimo, daqueles que pronuncia tudo errado e quando eu corrijo retruca "eu falo como eu quiser, eles que se virem pra entender" disse que não precisava aprender direções porque quando ele fosse viajar "era só perguntar pro taxista."

Por essas a gente já percebe que a pessoa não está muito acostumada a viajar, né?

Olha, tudo bem não ter tido muito oportunidade de viajar na vida. Nem todo mundo tem. Esse cidadão especificamente é jovem, razoavelmente estudado e diz que está aprendendo inglês para "ir morar no Canadá". Pensa numa pessoa iludida ~risos~

Se você não gosta de usar transporte público viajar vai ser um problema para você. Porque táxi é caro e muito pouco confiável em qualquer lugar do mundo. Metrô e ônibus são uma maneira ótima de conhecer os costumes do lugar onde você está, o que é grande parte da graça de ir para outro país.

Se você tem preguiça de aprender idiomas, viajar vai ser um problema para você. Porque as pessoas tendem a ser muito mais simpáticas e solícitas com alguém que se esforça para falar a língua delas, mesmo falhando miseravelmente. Todo mundo fala da falta de educação dos franceses mas eu fui muito bem tratada lá. Eu chegava humildezinha com meu francês ridículo, as pessoas percebiam que eu estava pelo menos tentando e automaticamente me respondiam em inglês, sem drama. Franceses falam inglês, só não gostam de ser obrigados a fazer isso.

Se você é enjoado para comer, viajar vai ser um problema para você. Porque a comida da sua mãe não vai estar disponível do outro lado do Atlântico. Talvez você não se importe em comer no McDonald's todos os dias, mas acredite: vai estar perdendo 50% da diversão.

É como dizia uma amiga minha que trabalhou anos em agência de intercâmbio: todo mundo quer viajar, mas nem todo mundo está preparado pra isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário