terça-feira, 7 de junho de 2016

Nós te amamos, princesa hot-dog

Coloquei esta foto no perfil do facebook como faço todo ano para comemorar as festas juninas. 30 anos depois eu ainda tiro fotos do mesmo jeito, mão na cintura e essa dificuldade de sorrir. Mas esse ano me atentei a um detalhe novo nesta foto: meu quarto.



Esse fundo aí é do quarto que dividi com minha irmã a infância inteira. Reparem na boneca trouxa em cima da cama e na foto do Menudo atrás de mim (vinha nas bandejas de iogurte). Mas principalmente, reparem que não há absolutamente nada rosa nele. Nadinha. Nem uma almofada. Num uma barra da cortina. Nem um tapetinho. Nada. Nem a batedeira de brinquedo era rosa.

Infância nos anos 80 era assim, meio unissex. Só gente rica tinha aquelas camas tubulares da Giorgio Nicoli que talvez dessem um ar um pouquinho mais feminino ao quarto, mas no geral era isso mesmo: a cortina bege, a colcha quase masculina com estampa de navios, o carpete verde musgo. Isso se refletia nas roupas também - não tem foto minha de roupa rosa, de princesa, nada disso. Eu fui bailarina numa festinha do colégio uma vez, mas todas as outras fantasias eram de mulher maravilha, urso, chapeuzinho vermelho e soldado. Sim, nem cinco anos e vestida de soldado carregando arminha de plástico e tudo.

Falo e provo

E os aniversários? Eu dividi festa com meu primo da mesma idade até os sete anos portanto a decoração tinha que ser a mais neutra possível. Tenho fotos da festa de dois e três anos com o mesmíssimo enfeite dos Flintstones em cima do bolo. Reciclagem era lá em casa. Meu primeiro e único patins era preto com as rodas amarelas. Meu velotrol e minha primeira bicicleta era vermelhos. Eu tive Barbies sim, de todos os tipos, mas elas namoravam o Falcon do meu primo. Sim, meu primo brincava de boneca com a gente. Sim, eu sou velha o suficiente para minhas Barbies terem namorado o Falcon.

Sendo fashion e muderna sem usar rosa em 2016 e 1983

Acho que a infância de todo mundo que cresceu nos anos 80 foi meio assim. E acho que é por isso que todo mundo que cresceu nos anos 80 se apaixonou pela menininha que foi vestida de hot-dog no dia das princesas. Nós somos a princesa hot-dog. Princesa hot-dog nos representa.

Princesa hot-dog, nós te amamos

5 comentários:

  1. a descrição do quarto, dos aniversários, das roupas... vivemos infâncias irmãs ;)

    ResponderExcluir
  2. Mulher, esse post poderia ter sido meu! Tirando o fato de que eu nao tenho fotos pra provar - estao com a minha mae no Brasil.
    Minha primeira festa a fantasia eu fui de Dalmata, depois de Batman (SIM, de homi! E ninguem achou estranho), depois de vampira, punk e por ai vai... Lembro de uma amiguinha que foi de Carmem Miranda... hahahaha... Imagina? Com o chapeu cheio de frutas? Anos 80 eram maravilhosos!!!

    Sim!! princesa cachorro-quente! \o/

    ResponderExcluir
  3. Não sou uma menina dos anos 80, mas adorei esse post. As fotos <3

    Princesa hot-dog <3 Pior que deve ser engraçadão mesmo se vestir de cachorro-quente pelo menos uma vez.

    ResponderExcluir
  4. Eu sou uma criança dos anos 90 mas era tudo exatamente assim, inclusive os aniversários divididos com o primo!

    ResponderExcluir