segunda-feira, 18 de julho de 2016

Porque meu coração está quentinho

Eu tive um fim de semana lindo lindo. Encontrei gente querida que eu não via há um tempão, conheci mais um bando de gente legal, ouvi gente muito foda e muito apaixonada pela minha profissão e voltei a me apaixonar por ela também. Meu coração voltou explodindo de amor e eu achei que nem cabia mais amor nele, mas a vida nos surpreende.

Eu tinha acabado de chegar ao trabalho quando vi uma gatinha frajola assustadica se escondendo atrás de um vaso na porta da escola. Uma mulher foi se aproximando delicadamente, ganhando a confiança da bichinha, e a pegou no colo. Crazy cat lady que sou, perguntei para a mulher se a gatinha era dela e ela disse que a mulher da corretora de seguros ao lado da escola tinha acabado de jogar a bichinha na calçada.

"Você vai ficar com ela?"

"Queria muito, mas já tenho cinco..."

Na mesma hora eu disse que ficaria com ela. Era uma gatica magrela, assustada mas absurdamente boazinha e de colo. A mulher ficou tão agradecida (crazy cat ladies, assemble!) que se ofereceu pra me levar pra casa hoje e ajudar pagar a castração.

Foi assim que a frajolinha que estava obviamente tendo um dia péssimo ganhou uma casa, uma irmã, uma madrinha e um cobertor de onça pra se aconchegar. Nesse momento ela está em uma sala aqui da escola com água, comida e até caixinha de areia. Mais tarde vai conhecer seu novo lar.


Estamos pensando em chamá-la de Elza, as in Elza Soares: pequena, sofrida, porém lutadora.

2 comentários:

  1. Uau! Que legal :) Lembro de você falando que queria ter gatos em casa, imagino como o coração está agora! ♥

    ResponderExcluir