quarta-feira, 1 de março de 2017

Please Like Me

Talvez, assim, só talvez eu tenha comemorado cedo demais. Ontem a bad bateu feio, bateu rude e me deixou chorando e sem ar ao fim de um episódio de Please Like Me.

Não foi por causa dele. Nem sei mais porque foi. Mas de repente veio toda aquela ansiedade, aquela sensação de que vai ser tudo uma merda daqui pra frente, de que nunca mais ninguém vai me amar, etc etc. Quem já passou por uma separação conhece o sentimento. Bateu a tristeza de novo.

Pode ter sido o fim do remédio (e a consulta com o psiquiatra que eu por relaxo só consegui marcar pra dia 14) ou o fim de um carnaval daqueles no qual eu vi a plaquinha escrito "limites" e passei mostrando o dedo do meio. Foi o carnaval da catarse, eu diria. E me deixou mal.

Tenho saudade dele não. Nenhuma. Mas tô morrendo de medo do que vem pela frente.



Inclusive assistam Please Like Me pois: muito amor. Mas melhor não fazer isso se estiver meio triste 

Nenhum comentário:

Postar um comentário