segunda-feira, 15 de maio de 2017

Ria da minha vida antes que eu ria da sua

Alguém peloamordedeos me salve de mim mesma porque olha. Só passo vergonha nessa vida.

Semana passada encontrei uma mãe no bebedouro da escola e lembrei que a filha dela tinha perdido algumas aulas porque estava doente. Cheguei toda solícita:

"Oi, tudo bem? Ela está melhor?"

Mãe me olha com cara de "oi"?

"Ela quem?"

A mãe era outra. Essa tem um filho adolescente que vem aos sábados e passou aqui durante a semana só para pegar um café. 

Sábado estou na secretaria e avisto um pai de aluno antigo já da escola. O pai também já estudou aqui, inclusive foi meu aluno. Dou aquela acenada empolgadinha querendo fazer a simpática já que tenho fama de brava por aqui. 

Era outro pai x, de aluno novo, que nem me conhecia e me olhou como se eu fosse doida. 

Domingo. Estou conversando com um crush no whatsapp e ele me falando que tinha ido ao show da banda de uns amigos dele. Me manda um vídeo da banda. Eu acho que é ele no vídeo mas não tenho certeza porque o clipe é de 2011 e ele é japonês né, rola uma dificuldade. Assisto ao vídeo 500 vezes, dou print, vou comparar com as fotos do tinder. Mando os prints pros amigos em busca de uma segunda opinião. Demoro uns 10 minutos nesse processo até que ele se dá por vencido e diz: "você percebeu que sou eu no vídeo, né?" 

Isso porque em 2011 ele já tinha o braço fechado de tatuagem mas né? Meu histórico de dificuldades com rostos me fez ser cautelosa. 

Hoje estou saindo do dentista e vejo de longe na mesma calçada um cara que parece ser o moço com quem eu saí na quinta-feira mas não tenho certeza. Em minha defesa esse moço é desses hipsters barbudos magrinhos genéricos de jaqueta da Adidas que parecem clonados e moram todos na Augusta. E estava de óculos escuros. Diante dos últimos acontecimentos, escolho fingir que não vi.

Cinco minutos depois recebo uma mensagem: "Oi, acho que eu cruzei com você na Pio XI agora pouco".



Alguém me ajuda gente, tá cada dia mais difícil ser eu.

Um comentário:

  1. Das razões pelas quais ser míope é ótimo: a gente pode culpar a visão estragada!

    Limonada (antigo Novembro Inconstante)

    ResponderExcluir