terça-feira, 15 de junho de 2010

Mais um capítulo da novela TIM e eu

A TIM já tinha dado provas de que, como empresa de telecomunicações, deveria baixar as portas e vender limonada, mas não é que eles continuam me surpreendendo?

Mês passado recebi um torpedo avisando que, "excepcionalmente em maio" o vencimento da minha fatura, que é dia 10, seria adiado para dia 18. Ok. Dia 15 de junho, outra vez sem sinal da fatura do mês telefono para a o serviço de atendimento. (Nota: desde o mês passado a única opção no menu de atendimento da TIM é falar com um atendente - ou seja, se eu for assaltada ou meu celular desaparecer eu terei que ouvir minutos de musiquinha chata e tentar me comunicar com os atendentes surdos da operadora até conseguir cancelar minha linha).

Enfim, depois de cinco tentativas (já que os atendentes surdos desligavam na minha cara por não conseguirem me ouvir) comunico à moça que ainda não recebi a fatura, ao que ela me responde "ah, é que nós alteramos o vencimento da sua fatura para dia 21." Oi, alguém me perguntou se eu queria? Alguém me comunicou? Uma empresa de telecomunicações se deu ao trabalho de me enviar um torpedo? Claro que não.

Mas o pior veio depois. Aproveitei o telefonema para reclamar do defeito no menu de atendimento, ao que a moça responde:
"Ah, é, outras pessoas já reclamaram que isso vem acontecendo há alguns dias..."

"Alguns dias não, moça, desde o mês passado."

"Ah, certo, desculpe pelo 'alguns dias'"

"Mas então, vocês tem alguma previsão para a solução desse problema?"

"Não senhora." Assim, como se o problema não fosse com eles.

"Ah, não?"

"Não."

TIM, só não te dou um chute na bunda por causa do plano Infinity, beijos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário